Meus amigos me conhecem como a louca do art attack. Agora, aqui no blog, vou dividir os motivos que me levaram a ter esse título. Pra começar, um tipo de intervenção que eu não tenho muita prática, mas tenho gostado cada vez mais: bordados sobre fotos ♡

 

 

Bordar papel é um pouco mais complicado que tecido, principalmente porque você não tem um grid pronto pra seguir. Uma dica é colar um papel cartão por trás pra evitar rasgos. Outra é fazer todos os furos que você precisa primeiro e só então bordar, pra que o papel não amasse. Eu revelei a foto em papel fotográfico mesmo, e como não tenho o menor senso de planejamento, fui bordando seguindo meu coração – e, às vezes, minhas piores escolhas. Depois, fotografei o retrato pronto,  porque o scanner não consegue definição de relevos diferentes. Aí foi só usar um layer mask pra mesclar o bordado com a foto digital e criar o GIF no Photoshop (mais detalhes sobre essa parte aqui).

 

 

O resultado é a princesa Annie coroada com flores, que agora já está enfeitando o quarto dela, lá na África do Sul.