2017 foi um ano de trabalhos muito especiais, em diferentes cantos do Brasil. E eu queria mandar um agradecimento igualmente especial para cada pessoa que emprestou o sorriso para as nossas fotos. Mas com clientes espalhados em várias cidades, o abraço apertado com um mimo ao vivo ficou impossível. Os correios também não pareciam uma opção: em nenhum envelope caberia um balão gigante escrito “você é o máximo”, e acho que também não enviariam um pedaço de bolo da minha vó. Daí, resolvi embalar todas lindezas que eu desejo pra 2018 em um email mesmo, numa carta-buquê virtual.

 

 

Eu, que sou chegada num DIY, passei horas brincando com as luzes e as flores, experimentando com os movimentos delas até chegar nas fotos ideais pra fazer o GIF. Pra você economizar seu tempo, coloco aqui um passo a passo pra fazer a sua carta-GIF, que pode ter flores ou o que você quiser dentro.

 

 

Separa aí os materiais:

– Envelope (duh!)

– Flores (ou uma fotografia, balas jujubas, confete, o que você quiser)

– Fita crepe

– Fundo (eu usei um lençol branco, mas pode ser cartolina ou até o chão mesmo)

– Tripé pra câmera

– Photoshop (ou algum app que faça GIF online, só jogar no Google)

 

 

E aí, é mão na massa:

– Pregue o envelope sobre o fundo que você escolheu com fita crepe. Isso é importante pra evitar que ele se movimente entre uma foto e outra ou quando você estiver arrumando as flores. Ah! Lembra de colar todos os cantos por igual, pro envelope não ficar inclinado ou torto.

– Ajuste a câmera no tripé, deixando ela exatamente paralela à superfície da foto. De novo, se você não cuidar disso, o envelope fica torto.

– Fotografe o envelope fechado e, depois, encha ele com as flores. O GIF é uma animação stop motion, então na hora de fazer as fotos você tem que pensar qual movimento vai querer. Você pode puxar só as flores maiores, pra criar um efeito semelhante ao meu, ou retirar algumas, pras flores ficarem “piscando” ou, ainda, mover todas pra esquerda, criando um vai e vem. E não precisam ser só dois cliques, como eu fiz. Dá pra criar uma sequência com as flores “explodindo” pra fora do envelope, por exemplo, com umas 5 fotos. Se joga!

– Se joga…mas não muito. Se você estiver usando luz natural, como eu, é bom fazer a sequência bem rapidinho, pra ela não oscilar tanto a ponto de você acabar com fotos diferentes entre si. Garantindo uma iluminação uniforme, você não precisa ficar ajustando muito pra chegar na mesma cor na pós.

– Agora é só editar as fotos e partir pro GIF. Às vezes, mesmo no tripé, a câmera movimenta um pouco e o ângulo varia entre uma foto e outra. Pra corrigir isso, você precisa juntar todas as imagens em um arquivo no Photoshop – cada uma vira um layer (File > Script > Load files into stack). Depois, é só diminuir a transparência de um dos layers pra conseguir ver as duas fotos, dar um ctrl+T e ajustar a imagem manualmente até as duas se sobreporem perfeitamente.

– Pra abrir o painel de edição do GIF, vá até Window > Timeline. Nessa janelinha que abre, você clica em “Make frames from layers” e aí, com as fotos lá, escolhe o tempo de cada uma, visualiza a animação e tudo mais. Se você for usar o arquivo num blog, site ou email tem que exportar em .gif (File > Save for web). Se for pro Instagram, aí tem que ser como um vídeo .mp4 ou .mov, de pelo menos 4 segundos (File > Export > Render video). Você pode ver esse passo a passo do GIF mais detalhado aqui em inglês e aqui se seu Photoshop for em português.

 

 

Pronto! Agora é só mandar sua carta virtual pra todo mundo!