Eis que percebi que só minhas andanças mundo afora aparecem por aqui. O que não é justo com BH, já que cantos lindos não faltam nessa cidade. Problema constatado, a solução apareceu também: a reunião com o Estevão virou almoço e voltinha pelo Mercado Grano.

Se você ainda não conhece os dois, faz favor de clicar nos links aí. Estevão é colega de profissão que virou migo depois que fizemos um curso juntos – desde então é também parceiro de trabalho, ideias e planos, porque além de talentoso ele ainda é um querido! O Mercado Grano é restaurante/loja/quitanda/espaço pra eventos/aquele galpão que eu queria chamar de meu. Tem pães artesanais e cafezinho OOP pra matar a fome, roupas e acessórios pra se enfeitar, móveis de garimpo e flores pra embelezar a casa. Isso tudo num espaço lindo que só, aqui do lado, em Nova Lima: